Instalando o Opera no Debian Lenny e seus derivados

Atenção: o blog do AvmLinux foi movido para http://www.avmlinux.org/!
Experimente ler esse mesmo post no novo endereço!
O Opera é um navegador gratuito bastente leve e rápido que possui versões para Windows, MacOS, Linux e outros sistemas. E como se não bastasse seu uso ser bastante fácil, sua instalação também o é.

Nós podemos instalar o Opera "à moda Debian" (ou seja, usando repositórios de pacotes .deb), que, certamente, é o modo mais fácil de obter qualquer programa no Debian e seus derivados.

1. Para isso, primeiramente, nós devemos adicionar o repositório do Opera no arquivo "/etc/apt/sources.list". Abra-o como root e acrescente essa linha no final:
deb http://deb.opera.com/opera lenny non-free
Lembrando que essa linha é a linha que deve ser adicionada se você estiver usando o Debian Lenny, que é a atual versão estável do Debian, e se você pretende baixar a versão estável mais atual do Opera. Se você utiliza outra versão do Debian e/ou deseja instalar uma versão beta do Opera, veja mais opções de repositórios no site The Opera .deb Repository.

2. Então, feito isso, vamos atualizar a nossa lista de pacotes. No terminal, execute o comando:
# apt-get update
Provavelmente, você receberá uma mensagem de erro do tipo:
Lendo listas de pacotes... Pronto
W: GPG error: http://deb.opera.com lenny Release: As assinaturas a seguir não puderam ser verificadas devido à chave pública não estar disponível: NO_PUBKEY F9A2F76A9D1A0061
W: Você terá que executar apt-get update para corrigir estes problemas
Não esquente, vamos resolver esse problema agora:

3. Vamos obter a chave pública do repositório para que o apt-get possa baixar o pacote do Opera. Para isso, execute os comandos abaixo:
# gpg --keyserver subkeys.pgp.net --recv-key F9A2F76A9D1A0061

# gpg --armor --export F9A2F76A9D1A0061 | apt-key add -
Perceba que esse valor em negrito deve ser igual ao valor em negrito que foi indicado no erro acima, ele é a chave do repositório. Portanto, você deve altera-lo se o informado a você anteriormente for diferente.

4. Agora que possuímos a chave do repositório, podemos obter a lista dos seus pacotes. Para isso, execute no terminal o comando:
# apt-get update
5. E, finalmente, o que esperávamos desde o início desse tutorial: instalar o Opera. Ainda no terminal, execute o comando:
# apt-get install opera
Ao concluir a instalação, o Opera já estará disponível através do menu K. Para acessá-lo a partir daí, basta ir na categoria Internet e clicar em Opera.

O Opera no momento da elaboração desse tutorial estava na versão 10.01.

Instalando o Flash Player


Não faz sentido instalar o navegador se não pudermos desfrutar de todos os recursos que a Internet oferece, não é mesmo?

Sabemos que a realização de muitas tarefas na Internet, como a exibição de vídeos, jogos, mini-aplicativos e até mesmo elementos de navegação de algumas páginas só é possível se instalarmos o plugin Flash Player da Adobe. Nesse tutorial, você verá o passo-a-passo da instalação do Flash Player, que também pode ser feita "à moda Debian", de uma forma tão simples quanto a instalação do Opera.

Observe que se você já possui instalado o Flash Player e já o utiliza em algum navegador (como o Konqueror, o Iceweasel ou o Mozilla Firefox, por exemplo) é desnecessário instalar o Flash Player novamente. O Opera automaticamente já detecta e utiliza o plugin instalado no seu sistema. Nesse caso, você só precisa executar esse tutorial se estiver utilizando o plugin alternativo da comunidade Debian e pretende trocá-lo pelo plugin oficial da Adobe.

Fontes


2 comentários:

Ines Menezes disse...

Isso tá ficando cada dia melhor... :)
Ah... tirou o Leia mais?

Antônio Vinícius disse...

Atualização: coloquei o link para o tutorial que ensina a instalar o Flash Player

Postar um comentário